papo_delas_logo

SIGA O PAPO NOSSO CANAL /PAPODELAS
sem_filtro

13 filmes com mulheres poderosas para assistir na Netflix.

Durante muito tempo, mulheres foram representadas como acessórios no cinema, sem posições de protagonismo, cercadas por homens e sem nenhum controle sobre as próprias vidas. Mas nem todas as personagens são assim e, se procurarmos direito, é possível encontrar mulheres em destaques em vários gêneros cinematográficos, da ação ao drama, do documentário à comédia.

Selecionamos 13 títulos que abordam mulheres fortes, independentes e empoderadas, que vão inspirar tanto o público feminino, quanto o masculino. Vamos lá?

Foto: Reprodução

Kill Bill (Partes 1 e 2)

A Noiva acorda após passar quatro anos em coma. A criança que ela carregava no ventre desapareceu e ela sabe exatamente quem são os culpados. Agora, ela vai buscar vingança de cada um dos assassinos que a traíram – de um time do qual ela já fez parte.

Foto: Reprodução

Mil Vezes Boa Noite

O drama ficcional do diretor norueguês Erik Poppe mostra o conflito de uma fotojornalista para equilibrar a insegurança de sua família com a necessidade de trabalhar em ambientes de guerra, que são sua especialidade.

Foto: Reprodução

A Incrível História de Adaline

Blake Lively interpreta uma mulher que, desde que sofreu um acidente envolvendo um carro e uma tempestade, parou de envelhecer. Apesar do privilégio de viver mais de 100 anos com saúde e aparência de jovem, Adaline não se permite ter relacionamentos duradouros e teme que a descoberta de seu segredo coloque em risco sua vida e de sua filha. 

Foto: Reprodução

Jogo Perigoso

Numa tentativa de reacender o fogo no casamento, Gerald e Jessie viajam para sua casa de campo, num fim de semana em que nenhum vizinho ou jardineiro estará por perto, para realizarem algumas fantasias sexuais dele. Chegando lá, ele algema a esposa na cama e sofre um ataque cardíaco.

Foto: Reprodução

De Cabeça Erguida

Catherine Deneuve vive uma juíza francesa que, ao longo de dez anos, encontra o mesmo menino repetidamente em seu escritório: uma criança negligenciada pela mãe que se transformou num jovem delinquente. Tentando reeducá-lo enquanto é tempo, ela o encaminha para diferentes tutores e instituições, evitando ao máximo a prisão. 

Foto: Reprodução

A Hora Mais Escura

Maya é uma agente da CIA cuja primeira experiência que trabalha no interrogatório brutal de prisioneiros após os ataques da Al Qaeda no 11 de Setembro. Ela tem como missão descobrir o paradeiro do seu líder, Osama Bin Laden, e finalmente suspeita que sabe onde ele está.

Foto: Reprodução

A Incrível Jessica James

Jessica James é uma aspirante a dramaturga vivendo em Nova York, que acabou de terminar um relacionamento. Quando ela começa a sair com outro homem, os dois descobrem que podem ter muito em comum, apesar de todas as diferenças.

Foto: Reprodução

Malala

O documentário “Malala” mostra a vida de Malala Yousafzai, uma garota de 15 anos que foi ferida num ataque do Talibã, no Paquistão, por usar sua voz para exigir educação as para mulheres de sua região.

Foto: Reprodução

Ela Quer Tudo

Na comédia dirigida por Spike Lee,  Nola Darling é uma jovem que cultiva três relacionamentos ao mesmo tempo. Os três querem que ela assuma um compromisso exclusivo com cada um deles, mas ela não aceita ser “propriedade” de um único parceiro. O filme ganhou recentemente uma série original Netflix, mas a versão original também está no catálogo.

Foto: Reprodução

As Sufragistas

Se hoje a palavra “empoderamento” virou lugar-comum, é graças a essas mulheres que, entre o final do século XIX e início do XX, lutaram pelo direito ao voto no Reino Unido.

Foto: Reprodução

O Sorriso de Monalisa

Uma professora de arte tenta ensinar suas alunas, numa escola conservadora e só para mulheres nos anos 50, a questionarem seus papéis sociais e seus valores.

Foto: Reprodução

Jackie

Natalie Portman dá vida à primeira-dama americana nos dias que se seguiram ao assassinato de seu marido, o presidente John F. Kennedy, narrando o seu ponto de vista da história a um repórter enquanto revive os momentos mais intensos de sua vida. 

Foto: Reprodução

Estrelas Além do Tempo

No auge da corrida espacial travada entre Estados Unidos e Rússia durante a Guerra Fria, uma equipe de cientistas da NASA, formada exclusivamente por mulheres afro-americanas, provou ser o elemento crucial que faltava na equação para a vitória dos Estados Unidos, liderando uma das maiores operações tecnológicas registradas na história americana e se tornando verdadeiras heroínas da nação.

Insira suas palavras-chave de pesquisa e pressione Enter.