papo_delas_logo

SIGA O PAPO NOSSO CANAL /PAPODELAS
sem_filtro

Como lidar com o sentimento de passar o dia dos namorados sozinho?

Para muitos solteiros o dia dos namorados é motivo de tristeza. Afinal, desde crianças aprendemos a seguir um modelo de vida considerado adequado pela sociedade e ter aquela receita pronta como modelo para a vida: namorar, casar e ter filhos. E, mesmo com essa realidade mudando e cada vez mais as pessoas descartando a ideia de uma vida a dois, muita gente sofre com a solidão que o imaginário romântico dessa data pode causar em algumas pessoas.

Cuidado com o imaginário romântico do dia dos namorados

É preciso tomar cuidado ao fazer comparações durante essa data. É natural que exista, para alguns solteiros, um sentimento de inadequação. É compreensível, já que as redes sociais estão recheadas de declarações de amor, a mídia investe muito no tema e a publicidade faz um apelo constante sobre isso. Porém, lembre-se: trata-se apenas de uma data comercial e todas as situações trazem ganhos e perdas. Estar sozinho tem vantagens e desvantagens, assim como estar em um relacionamento traz coisas boas e outras nem tanto. Não fique se comparando com amigos que são casados ou que namoram, pois isso fará com que você enxergue apenas as desvantagens de estar solteiro.

Estar solteiro não significa estar em um estado de solidão, da mesma maneira que dividir a vida com outra pessoa não é sinônimo de dependência emocional. Cada pessoa tem seu próprio momento de vida e traça sua própria história.

Algumas pessoas vivem sozinhas por conta das circunstâncias que a vida colocou: não encontraram a pessoa certa, não construíram relações duradouras, sofreram com traições e não conseguem mais se abrir para o amor ou talvez ainda não se sintam maduras o suficiente para assumir algo mais sério com alguém.

Caso você se veja em algumas dessas situações, tenha em mente que é perfeitamente possível ser feliz mesmo estando só. Para que isso ocorra, porém, você precisa estar em paz com essa condição e tirar o melhor proveito disso. Se você gostaria de ter uma relação mais séria e duradoura, mas está sozinho e não consegue mudar essa situação, talvez seja a hora de olhar para seus próprios padrões de comportamentos e crenças limitantes e entender o que está impedindo que isso aconteça. Talvez seja você mesmo o responsável por bloquear, de forma inconsciente, a aproximação de alguém especial.

A felicidade não está condicionada a um relacionamento amoroso

Já parou para pensar em quantas coisas bacanas você pode fazer sozinho? Viajar, estudar, se aprimorar profissionalmente, aprender novas línguas, conhecer pessoas novas… A lista de possibilidades é enorme. Olhe para o lado positivo dessa situação e aproveite a data para convidar os amigos solteiros para um programa divertido.

Ter períodos de solidão pode ser muito saudável

Algumas pessoas têm tanto medo de ficarem sozinhas que emendam um namoro no outro na tentativa de fugir de si mesmas. A consequência disso pode ser muito prejudicial para esse indivíduo, já que ele nunca dedica tempo para ficar em sua própria companhia, se conhecer e focar em outras áreas da vida. Aproveite essa fase para desenvolver seu autoconhecimento e descubra como estar com você mesmo pode ser prazeroso. Como disse Mário Quintana “O segredo não é correr atrás das borboletas…É cuidar do jardim para que elas venham até você”.

 

Fonte: Sociedade Brasileira de Inteligência Emocional

Insira suas palavras-chave de pesquisa e pressione Enter.