Centenas de milhares de pessoas participam da 2ª Marcha Anual das Mulheres

Este fim de semana o mundo parou para ouvir a Marcha das Mulheres. Neste sábado, 20 de janeiro de 2018, centenas de milhares de pessoas foram as ruas em oposição à administração do presidente Donald Trump, suas políticas relacionadas a imigração, ao sistema de saúde, igualdade, inclusão e direitos das mulheres. 

Mulheres na Marcha em Nova Iorque (Foto: Reprodução)

Manifestantes nas ruas de WASHINGTON, DC . (Foto: Alex Wroblewski/Getty Images)

Uma manifestação de protesto em massa que atraiu milhares de participantes, em centenas de cidades nos Estados Unidos, Canadá, Reino Unido, Japão, Itália e outros países.  

No aniversário da posse de Trump, milhares de mulheres armaram um protesto nacional contra o republicano e suas políticas que são entendidas como misóginas e ofensivas. Os protestos surgem juntamente com a onda de denúncias de casos de assédio sexual em Hollywood, o Vale do Silício, no jornalismo e em outras indústrias no país. 

Marcha em Paris, França (Photo de Owen Franken – Corbis/Corbis via Getty Images)

Philadelphia, U.S (Foto: Reprodução)

Manhattan, NY (Foto: Reprodução)

Nos Estados Unidos, o principal órgão organizador é o Women’s March, cujos temas incluem “Power to the polls” –  com foco em aumentar participação de votos através da conquista de novos eleitores, encorajando mais mulheres a serem “fortes candidatas à defesa aos direitos da mulher”, e a concorrerem a cargos políticos.

Gorro de gato foi o símbolo da Marcha das Mulheres contra Trump. (Foto: Reprodução)

A Marcha das Mulheres também foi marcada pela presença de grandes nomes como Madonna e as atrizes Whoopi Goldberg, Viola Davis, Scarlett Johansson e Natalie Portman que falaram sobre a onda de denúncias de assédio envolvendo Hollywood e sobre mulheres que já sofreram algum tipo de violência sexual e que vivem em situação de maior vulnerabilidade social.

(Foto: Reprodução)

(Foto: Reprodução)

(Foto: variety.com)

Input your search keywords and press Enter.