papo_delas_logo

SIGA O PAPO NOSSO CANAL /PAPODELAS
sem_filtro

Estudo da UNESCO revela que mulheres ainda são minoria nas ciências

Representamos apenas 28% dos pesquisadores na área

Quando falamos da área de ciências e tecnologia, o avanço ainda é lento para as mulheres. Segundo o estudo da UNESCO “Decifrar o código: educação de meninas e mulheres em ciências, tecnologia, engenharia e matemática (STEM)”, mulheres representam 28% dos pesquisadores do mundo — e apenas 17 delas já receberam Prêmio Nobel de Física, Química ou Medicina desde 1903. O estudo mostrou ainda que o que afasta as meninas dessas áreas são questões sociais construídas desde a infância. Sim, aquela velha história de que esse não é um lugar para mulheres…

Em entrevista à Agência Brasil, Theophania Chavatzia, autora do estudo e especialista da Seção de Educação para a Inclusão de Igualdade de Gênero da UNESCO, falou: “Isso significa que metade da produção e metade potencial não serão aproveitadas no futuro. (…) Sabemos que meninas perdem o interesse em ciência, engenharia, tecnologia e matemática quando crescem porque os estereótipos de gênero ficam mais e mais fortes, fazendo com que elas tendam a não se identificar e a prestar mais atenção em outras aulas e a escolher outras carreiras”, contou a publicação.

Insira suas palavras-chave de pesquisa e pressione Enter.