papo_delas_logo

SIGA O PAPO NOSSO CANAL /PAPODELAS
sem_filtro

Harmonização facial para o bem

Quem você quer ver no espelho? A busca constante da perfeição óptica continua entre mulheres e homens. É sabido que a procura por cirurgia plástica tem perdido força para os procedimentos estéticos menos invasivos, realizados em consultórios por dermatologistas, como Botox, laser, entre outros. Mas será que algum dia alcançaremos a sabedoria e saúde mental para vivermos em harmonia com nossas medidas e aparência?

De acordo com a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), a busca por alternativas menos invasivas, como a aplicação de toxina botulínica (botox) e preenchimentos em geral, nos últimos anos, aumentou cerca de 300%.  Em 2014, o percentual não passava de míseros 17,4%.

Fato é que hoje as mulheres têm se preocupado mais em não parecer artificial. Há alguns anos o bacana era ter seios fartos, bumbum grande e coxas bem torneadas, porém a “moda” sobre a aparência natural, hoje, é mais requisitada. Atualmente o legal é ser natural.

Em busca da harmonia

Hoje o procedimento queridinho entre homens e mulheres é a Harmonização Facial, que engloba um conjunto de técnicas para equilibrar as proporções da face. Em conversa com o Papo Delas, a dermatologista Camila Meccia explica sobre como o excesso de procedimentos pode ser danoso e os cuidados que devemos ter ao escolher o profissional correto para vivermos bem sem perder a nossa autenticidade.

Meccia explica que, “podemos tratar apenas os efeitos do envelhecimento num rosto que já é bonito, ou também melhorar os pontos fracos trazendo mais beleza para qualquer rosto com técnicas combinadas de preenchimentos, bioestimuladores e tecnologias para flacidez e superfície da pele.”

“A beleza real não é baseada em simetria, e sim em proporções anatômicas que trazem harmonia e beleza”

O segredo de resultados naturais está no conhecimento e na escolha das técnicas para cada tipo de rosto, e também em evitar excessos. Por isso a escolha do profissional é muito importante e fundamental buscar sempre nas sociedades específicas de cada especialidade como dermatologia e cirurgia plástica. Dados da SBPC alertam que, Há cerca de 12 mil pessoas sem qualificação realizando cirurgias plásticas no Brasil, o que pode ocasionar risco de deformidades, erros irreversíveis e até morte.

“Os procedimentos estéticos na face já são feitos há algum tempo, mas ao meu ver o que mudou agora é essa visão conjunta dos tratamentos, o que evita resultados bizarros consequentes de excessos de tratamentos únicos especialmente preenchedores”, afirma a dermatologista Camila Meccia.

Algumas dessas técnicas são: preenchimentos com ácido hialurônico, MD codes, bioestimuladores, ultrassom micro focado para flacidez e lasers para superfície.

Dra. Camila Meccia é Membro Titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia e Membro da American Academy of Dermatology, além de ser membro do Grupo Brasileiro de Melanoma, entre outros grupos renomados da medicina brasileira. Especialista em Dermatoscopia pelo Sydney Melanoma Diagnostic Centre, Camila é também Co-autora do livro: Dermatologia Prática.

Insira suas palavras-chave de pesquisa e pressione Enter.