papo_delas_logo

SIGA O PAPO NOSSO CANAL /PAPODELAS
sem_filtro

Menopausa: 5 famosas que falaram abertamente como é passar por essa fase

Ondas de calor, suadouro, alteração de humor e insônia. Esses são alguns dos sintomas que mulheres de 40 a 50 anos costumam sentir durante a menopausa, processo em que ovários deixam de fazer a secreção hormonal. Por mais que seja uma parte natural da vida que todas mulheres um dia vão passar, o período costuma ser um tabu. Afinal, há quem acredite que admitir que está passando pela menopausa é passar recibo de que você envelheceu.  Apesar de terem à disposição diversas intervenções estéticas e tratamentos, as mulheres famosas, aquelas que a gente acha que nunca vão deixar de ser um “sex symbol”, também passam pela menopausa. E, para transformar esta fase da vida que parece assombrar muitas mulheres, algumas celebridades não se incomodaram em falar como foi lidar com as mudanças no corpo maduro. Relembre:

Gwyneth Paltrow (Imagem: Reprodução/Goop)

Gwyneth Paltrow, 46 anos

No ano passado, a atriz norte-americana gravou um vídeo para sua companhia de estilo de vida, “Goop”, falando que já estava sentindo os primeiros sintomas da perimenopausa, fase que antecede a menopausa. “Eu percebo mudanças hormonais ocorrendo, o meu humor, você fica furiosa por qualquer motivo”, falou a artista. Gwyneth também recordou de quando viu a sua mãe passando pela mesma fase. “A menopausa tem má reputação e precisa de uma pequena mudança. Eu lembro quando a minha mãe entrou na menopausa: foi algo impactante. Eu não acredito que temos na sociedade bons exemplos inspiradores de mulheres em menopausa”, refletiu.

Cristiana Oliveira (Imagem: Reprodução/Instagram)

Cristiana Oliveira, 55 anos

A atriz falou, em entrevista para a rádio “Jovem Pan”, no começo deste ano, como a menopausa mudou completamente seu corpo e abriu o jogo em relação ao sobrepeso. “Ela muda o humor, o metabolismo. Foi assim que engordei 15 quilos”. Em uma conversa com a revista “Vogue”, no ano passado, a artista já havia mostrado que o ganho de peso relacionado às mudanças hormonais não era um tabu para ela. “Eu me adapto à nova realidade: mais exercício, menos ingestão de calorias. Não tenho como fugir”, disse. No entanto, Cristiana deixou claro que já não vive mais medindo milimetricamente cada alimento que consome ou que esteja viciada em academia. “Não é uma escravidão, como era quando mais jovem, é apenas uma consciência. Um envelhecer saudável, sabendo dos limites do tempo”, falou.

Maitê Proença (Imagem: Reprodução/Instagram/@eumaiteproenca)

Maitê Proença, 60 anos

Em uma publicação em seu blog, em 2011, a atriz, que na época tinha 53 anos, admitiu que achou que ia lidar com a menopausa como se ela não existisse, abrindo mão, inclusive, da reposição hormonal que ajuda amenizar os sintomas do processo. “Passaria por ela soberba, intocada, nada de bufares e calores”, escreveu. No entanto, um dia acordou e sentiu toda a depressão característica dessa fase da vida. “Dentro de mim, havia uma baita vontade de morrer”, admitiu a artista. Ela foi, então, em busca de orientação médica para lidar com a situação. “Dei uma sacudida na catatonia, arranquei aquela senhora de meia idade de sua funesta poltrona e a acompanhei até o consultório do ginecologista: ‘Sei que repeti 100 vezes ser contra hormônios de toda espécie. Sei, mas mudei! Coloque aí na minha bunda a reposição da felicidade'”, brincou Maitê no texto, citando a injeção hormonal que é aplicada na região lombar. Segundo o texto, a atriz logo sentiu os efeitos do medicamento, que melhorou o humor dela e a ajudou a passar pela depressão. “Uma semana depois, eu já era outra pessoa, ou melhor, era eu mesma, desequilibrada, como é saudável aos criativos, mas já alegre e otimista!”

Luiza Brunet (Imagem: Lucas Lima/UOL)

Luiza Brunet, 56 anos

A artista disse, em entrevista à revista “TPM”, em 2012, que a única coisa que a incomodava na idade madura era a menopausa, que ela julgou “chato e desconfortável”. “Você fica deprimida, com calores, dor de cabeça, se sente velha e totalmente fora do eixo. Você tem que fazer reposição hormonal, mais exercício. É muito difícil”, falou Luiza, enumerando os cuidados que tomou durante a fase da vida.  Para tornar o processo mais confortável, a atriz, que desabafou sofrer com a insônia “por causa dos hormônios”, contou que se exercitava todos os dias, o que a fazia se sentir mais relaxada e disposta. Pilates, musculação e caminhada também a ajudaram. “Você precisa se cuidar de dentro para fora”, aconselhou Luiza Brunet para outras mulheres que passam pela menopausa. “Tem muita mulher que quer mostrar que ainda é jovem, linda, quer mudar o vestuário. É importante, mas nem tanto. O mais importante é cuidar da saúde”, concluiu.

Foto: Reprodução

Angelina Jolie, 43 anos

A atriz de “Malévola” estreou nos anos 1990 como uma das mulheres mais sensuais de Hollywood. A idade poderia, então, ser um dos temores da artista. No entanto, em 2015, ela falou para o jornal “The Daily Telegraph” que não está tendo nenhum problema em envelhecer e, inclusive, comemorou a chegada da menopausa precoce –causada pela retirada preventiva dos ovários, uma vez que a família de Angelina tem histórico de câncer. “Na verdade, eu amo estar na menopausa. Eu não reagi mal a isso e me sinto tão sortuda. Eu me sinto mais velha, mas me sinto bem por estar assim. Fico feliz por estar amadurecendo. Não quero ser jovem novamente”, falou a artista.

Fonte: Universa

Insira suas palavras-chave de pesquisa e pressione Enter.