papo_delas_logo

SIGA O PAPO NOSSO CANAL /PAPODELAS
sem_filtro

Mulher, esposa, mãe e o acúmulo de funções.

Vai fazendo as contas de tudo o que uma mãe precisa fazer: 

Trabalhar, dar conta da rotina dos filhos e, em via de regra, do marido, não “perder do radar” a lista de compras de supermercado, as consultas médicas e as atividades escolares das crianças, administrar as situações corriqueiras que envolvem família e aquelas situações que, do nada, parecem cair do céu. É tanta pressão que acaba gerando uma rotina estressante para qualquer mulher. 

Donas de dupla, tripla e até quádrupla jornadas, elas precisam se virar para alcançar o padrão quase que de Mulher Maravilha.

A mulher moderna assumiu muitos papéis e tem se dedicado arduamente para dar conta de todos. Mas, que papeis são estes? A mãe super preparada? A esposa sempre arrumada? A dona de casa prendada? A sociedade, por vezes, romantiza papéis que não são fáceis. 

É comum vermos fotos de mulheres tranquilas, magras e felizes cuidando de seus filhos, casa e marido. A imagem do paraíso da maternidade já vem com formato e regras prescritas. Muitas mulheres acabam comprando esta ideia e se frustrando quando encontram outra realidade. Ser mulher é um misto de emoções, responsabilidades e intensidades diárias. 

O segredo para viver bem nesta montanha-russa de emoções – e exigências! – reside em permitir-se vivenciar cada situação à sua maneira e entender que, seja qual for ela, está tudo bem. Nesse sentido, é necessário falar sobre as pressões cotidianas que desorganizam os sentidos de realização e felicidade das mulheres. E dentro dessa realidade, a mulher vai ajustando a sua rotina, elencando o que é prioridade e contando com o máximo de ajuda possível. 

Ao ser mãe e profissional tive ajuda do marido, minha mãe e da sogra para cuidar do meu pequeno, nos primeiros 40 dias de nascido da criança. E agora meu pequeno com sete anos à rotina de trabalho, os cuidados com a casa voltaram ao normal e superamos vários obstáculos. Acredito que o mito da super mãe vem acabando. Toda mãe tem direito à manutenção do equilíbrio mental e físico, alimentação equilibrada, qualidade de sono, exercícios físicos e vivências sociais.

Insira suas palavras-chave de pesquisa e pressione Enter.