papo_delas_logo

SIGA O PAPO NOSSO CANAL /PAPODELAS
sem_filtro

Paola Antonini dá dicas para afastar o baixo astral e ter uma vida mais leve

Paola Antonini França Costa, tem 23 anos, é de Belo Horizonte e atualmente trabalha como colunista da Glamour, além das suas redes sociais. No dia 27/12/2014 ela e seu namorado sofreram um grave acidente de carro. Uma motorista de 24 anos sob influência de álcool tentou recolher o celular que caíra no piso do carro. Ela perdeu o controle do veículo e atingiu o casal. Arthur teve apenas ferimentos leves, mas Paola ficou prensada da cintura para baixo entre os dois carrosApós 14 horas na mesa de operação, acordo com as enfermeiras, a cirurgia mais longa da história daquele hospital, ela recebeu a notícia: sua perna esquerda havia sido amputada.

O acidente com a jovem modelo repercutiu na imprensa e provocou compreensível comoção em Minas Gerais, mas Paola está longe de se deixa abalar pelo ocorrido. Hoje ela é um enorme exemplo e fonte de inspiração para muitas pessoas.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Oi sol ☀️

Uma publicação compartilhada por Paola Antonini (@paola_antonini) em

Segundo ela, as postagens no seu Instagram (@paola_antonini) começaram como uma simples forma de informar as pessoas de que ela estava bem. Todavia, o fato de ela exibir sua perna de ciborgue com shortinhos, saias e biquínis chamou a atenção de um tipo especial de seguidores, lhe rendendo lindos frutos como o de colunista da Glamour.

Em uma publicação recente ela divide alguns ensinamentos e hábitos preciosos para encontrar a felicidade:

1. Desacelere

De todas as dicas, essa talvez seja a mais importante. Pare e respire. Eu tenho o costume de observar muito as pessoas, lugares e situações, e já percebi que um dos maiores problemas da sociedade atual é viver no “automático”. Acordar, escovar os dentes, tomar banho, trabalhar, voltar pra casa, jantar e dormir… Você pisca, a vida passou e você não curtiu a jornada – está sempre na correria, reclama que o dia só tem 24 horas e diz que não tem tempo pra nada. Mas posso te contar uma coisa? 24 horas são suficientes, sim! Basta fazer uma pausa, prestar atenção nas pequenas alegrias do dia a dia; na sua família, nos seus amigos, nos seus animais de estimação. Pare, respire e aprecie a paisagem.

2. Descomplique

A gente tem mania de complicar tudo. Se as coisas estão simples demais, a gente desconfia; se estão difíceis demais, também. Por que não resolver uma coisa de cada vez? Ficou chateada com alguém? FALE. Tem um problema? RESOLVA. Não gostou de algo? ENCONTRE UMA SOLUÇÃO. Ao invés de esperar que as outras pessoas tragam soluções mágicas, descomplique: vá lá e tome uma atitude.

3. Aceite: nem sempre as coisas vão ser do seu jeito

Eu sempre fui assim, “de boa”. Me incomodava quando as coisas não saiam como eu esperava. Queria as coisas bem ali, do meu jeitinho, mas, com o passar do tempo vi que aquilo não fazia bem para mim. Se ficarmos ansiosos e estressados porque algo não acontece conforme as nossas expectativas, aquilo só vai fazer mal para a gente – e não mudará em nada a situação. Temos que ter leveza pra lidar com situações adversas!

Uma vez, uma amiga minha me disse: “Paola, a gente nunca pode controlar as decisões de outras pessoas.”. Às vezes fazemos tudo certinho e as decisões dos outros acabam não sendo compatíveis com as nossas. Mas, sabe de uma coisa? Tá tudo bem. Quantas vezes aconteceu algo ruim na sua vida e hoje você fala: “Nossa, que bom que aquilo aconteceu naquela época”. Nada é o fim do mundo. Quando sofri meu acidente, ninguém imaginava que tanta coisa boa aconteceria na minha vida depois. É incrível olhar pra trás e entender tudo!

4. Largue o celular

Não há nada que não possa esperar 5 minutos. Nem uma mensagem ou ligação é tão urgente que você não possa esperar um pouquinho. Olhe para o céu, olhe para fora. Observe as árvores, o mar, os pássaros. Curta seus pais, irmãos, amigos, cachorros. Tire um momento só pra ficar com eles e SEM celular. Tire ele da sua mão!

Que tal criar uma meta de diminuir o uso do celular? Você vai ver a diferença que isso vai fazer na sua vida. Não temos ideia de quanto tempo perdemos conectados, onde deixamos de aproveitar o “real”.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Buongiorno Buongiorno Italia 🇮🇹❤️

Uma publicação compartilhada por Paola Antonini (@paola_antonini) em

5. Diga bom dia, boa noite, por favor e obrigada

Isso faz a diferença. Se alguém for grosseiro, respire fundo e seja AINDA mais gentil. Não guarde rancor. Dessa forma você “desarma” a pessoa e talvez ainda possa mudar o dia dela!
Ah! E você vai observar quantos sorrisos sinceros ganhará ao espalhar gentileza para todas as pessoas que passam pelo seu caminho.

6. Se acordar de mau humor, force um sorriso até que ele fique natural!

Achou estranho? Vou explicar como funciona, rs! Sabe aqueles dias em que a gente acorda estressada, com TPM ou de mau humor? Este é o momento ideal para forçar um sorriso. Um não, vááários sorrisos ao longo do dia – para você mesma! Uma hora você vai acabar rindo disso e as coisas vão se tornar mais leves. Tenta e depois me conta!

7. Faça trabalhos voluntários

Isso é essencial, gente! Eu já fazia trabalhos voluntários antes do meu acidente, mas depois aumentei bastante a frequência. É o tipo de coisa que faz a gente dar um valor diferente pra nossa vida. Vemos quantas pessoas estão ali, dia após dia, lutando para continuarem vivas. Quantas crianças são positivas mesmo passando por situações bem difíceis? E aí vemos que, no final, não importa o seu trabalho, sua renda, seus bens materiais, o que importa de verdade é a nossa saúde e a nossa vida.

Além disso, é bom sentir que fazemos a diferença na vida de alguém. Que alegramos uma tarde no hospital, que conversamos, que dizemos companhia a pessoas que realmente precisam muito.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Minha pose “de quebrada” que na verdade não é “de quebrada” 😂😜 o que cês acharam? 👍🏼👎🏼? 😂 Ps: juro que tentei ficar de olho aberto 🤣

Uma publicação compartilhada por Paola Antonini (@paola_antonini) em

8. Cuide de você

Sabe o amor próprio? Invista nele! Faça coisas 100% para você: uma máscara facial, uma hidratação nos cabelos, uma massagem… Pode parecer bobagem, mas isso faz a maior diferença. Em dias muito cansativos, eu faço o “momento da beleza” em casa mesmo! Lembre-se que você é a pessoa mais importante da sua vida.

9. Reze ou medite

Não importa a sua religião ou a sua fé: lembre-se sempre de separar um tempo para agradecer. Em uma viagem pro México, minha amiga Raissa Santana me deu uma dica ótima: a de rezar em outros momentos do dia que não antes de dormir. Tentei aderir e foi muito especial! Não agradeça por agradecer. Converse, tenha o “Deus” que você acredita como seu amigo. Desabafe, peça uma luz, peça para que ele te permita fazer o seu melhor dia após dia.

10. Não tente abraçar o mundo

Muitas vezes tentamos ajudar todo mundo, né? Vemos pessoas próximas passando por dificuldades e acabamos sofrendo junto com elas – mas lembre-se que você tem um limite. Não doe mais do que você consegue no momento. E tudo bem não conseguir. Aceite que você erra, pois somos humanos, somos imperfeitos. Sabemos a teoria direitinho, mas na prática é totalmente diferente. Temos emoções, sentimentos e realmente muitas vezes não agimos da melhor forma.

Insira suas palavras-chave de pesquisa e pressione Enter.