Ela respondeu ao machismo com um recorde.

Da próxima vez que você escutar o termo “make me a sandwich” (do inglês, me faça um sanduíche) ou qualquer comentário machista parecido, lembre-se de Jade Hameister. A adolescente, de apenas 16 anos, escutou a frase de haters nos comentários de um vídeo, no Youtube, em que encoraja meninas mais novas a alcançarem seus sonhos.

Amante do esqui, Jade conquistou, no Polo Sul, um recorde no esporte: ela foi a pessoa mais jovem a atravessar o Polo Norte, Polo Sul e Groenlândia esquiando. Ao completar o feito, ela fez questão de lembrar da frase machista e posou para uma foto com um sanduíche na mão. “Eu fiz um sanduíche para você. Agora esquie por 37 dias e 600 quilómetros, até o Polo Sul e você poderá comê-lo“, disse, na tradução livre. Declaração: ‘Feminismo do #MeToo é ofensivo aos homens’, diz Catherine Millet 

A resposta não poderia ter sido melhor, não é mesmo?

Assista, abaixo, o vídeo com a participação de Jade Hameister no TED Talks.13

FONTE: claudia.abril.com.br

Input your search keywords and press Enter.