papo_delas_logo

SIGA O PAPO NOSSO CANAL /PAPODELAS
sem_filtro

Plataforma digital promete facilitar caminho de aprendizagem

Os estudantes do ensino fundamental I e II de Salvador ganham novo incentivo ao estudo, a partir do uso de novas tecnologias paradidáticas. A iniciativa, denominada REP Educa (Rotas de Estudos Personalizados), é uma plataforma digital, ainda em gestação na incubadora do Senai/Cimatec, que atua como auxiliar na aprendizagem dos alunos de forma adaptativa e personalizada. A aplicação da medida começa na rede municipal de ensino de Salvador, com utilização junto aos estudantes da 8ª série do Instituto Municipal de Educação Professor José Arapiraca (Imeja), na Boca do Rio.

O foco, nesse primeiro momento, é utilizar a ferramenta para apoiar o professor nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática, contribuindo para o engajamento dos jovens nas aulas e impulsionando o desenvolvimento de suas habilidades e competências, de forma a contribuir na obtenção de melhores notas na Prova Brasil e nos resultados do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB).

O primeiro passo para introdução do sistema foi a apresentação do programa aos estudantes do Imeja. Em seguida, os alunos terão contato direto com o REP Educa, já instalados nos tablets do laboratório de informática da instituição de ensino. Ao ingressar no sistema, os jovens responderão a questionamentos apresentados até formar um perfil personalizado, que será utilizado para o desenvolvimento da plataforma individual e o futuro roteiro de aprendizagem.

Por enquanto, a plataforma está em fase de testes e ainda não deve ser aplicada em grande escala, sendo seu uso reservado para a rede municipal. “A expectativa é que muito em breve o software passe a integrar redes de ensino de outros municípios e até de colégios particulares. A ideia é oferecer aos estudantes um conteúdo específico para cada demanda. Se o aluno tem dificuldades com gramática, o sistema identifica a carência e apresenta uma plataforma personalizada para suprir a deficiência verificada”, explica o empresário Vicente Vale, um dos desenvolvedores do REP Educa.

Incubadora – O REP Educa é uma das startups gestadas na incubadora do Senai/Cimatec. A iniciativa é fruto de parceria entre a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur), e o Senai, sendo mais uma extensão das ações do eixo Cidade Inteligente do macroprograma Salvador 360, que aposta em dez empresas recém-criadas no campo da tecnologia.

Fonte: Secom

Insira suas palavras-chave de pesquisa e pressione Enter.