papo_delas_logo

SIGA O PAPO NOSSO CANAL /PAPODELAS
sem_filtro

Argiloterapia: Já ouviu falar?

Conhecida também como geoterapia, é um tratamento terapêutico e estético que consiste na aplicação de argila na pele, em diversas partes do corpo. Sua principal propriedade é a absorção: seja de oleosidade, infecções, toxinas e outros.

A argila é um tipo de rocha sedimentar, podendo variar de composição com índices diferentes de titânio, magnésio, cobre, zinco, alumínio, cálcio, potássio, níquel, manganês, lítio, sódio e ferro. Cada tipo de argila varia de composição mineral e coloração (verde, preta, cinza, branca, vermelha, amarela e marrom), sendo indicadas para cada tipo específico de tratamento.

Segundo Telmah Oliveira, esteticista especializada em diversos tratamentos:

Foto: Telmah Oliveira e sua paciente Cecília Franco/ Reprodução

“A argila funciona como um coringa nos procedimentos estéticos, podendo ser usada no rosto, corpo e cabelos; ela elimina as toxinas e auxilia na melhora da flacidez da pele, controla a oleosidade e promove a reconstrução dos tecidos, tem propriedades antioxidantes, secativas, adstringentes, tensoras, reconstrutoras, antissépticas e desintoxicantes. Eu costumo aliar a argiloterapia a massagens modeladoras. Em um tratamento com dez sessões, três são com argila. Eu, particularmente, utilizo mais a argila verde, por conta das suas propriedades desintoxicantes; em tratamentos faciais, a argila branca, que acalma e clareia e a rosa, para tratamentos de flacidez, ela é rica em ferro e promove uma melhora na circulação sanguínea e promove a hidratação.”

A argiloterapia traz inúmeros benefícios para a pele, saúde e beleza geral, sendo amplamente usada em tratamentos faciais e corporais. No rosto, suaviza marcas, combate a acne e retarda o envelhecimento, enquanto no corpo, pode ser utilizada como redutor de medidas e no tratamento de celulites, quando combinada à massagens modeladoras e termoterapia.

Cecília Franco (46 anos) se dedica há 28 anos a treinos, hábitos saudáveis e cuidados com o corpo. Ela é paciente da Telmah Oliveira há seis anos e procurou o tratamento por conta da sua retenção hídrica. A massagem ajuda muito a eliminar o inchaço, que nela incomoda e  acredita que nenhum tratamento estético faz milagre, mas quando existe disciplina nos treinos e uma dieta balanceada, uma boa massagem ajuda muito.

Antes de iniciar o tratamento, o que devo fazer?

É importante uma avaliação prévia da pele, para que se saiba qual tipo de argila é ideal para o tratamento.

Depois que iniciar o tratamento, quais cuidados devo tomar?

Mantenha sua pele sempre hidratada.

Existem contraindicações para esse tipo de tratamento?

É contraindicado o uso de argila em pessoas que tenham alergia aos componentes ou que possuam algum tipo de lesão na pele.

É possível que aconteça algum tipo de complicação com esse procedimento?

A pele pode ficar um pouco ressecada, por isso recomenda-se uma boa hidratação. Em peles acneicas, é possível que se note, nas primeiras sessões, uma piora na acne, mas isso acontece, pois a argila absorve a gordura e oleosidade da pele.

Dica

Foto: Praia da Argila. Caraíva-Ba/ Reprodução

Se estiver passando pela Bahia e quiser argila natural, vá à Caraíva – comunidade litorânea de Porto Seguro, extremo sul da Bahia, vá a Praia da Argila. Ela fica próxima à falésias, que em suas paredes possuem argila natural. Vale a pena dar passada. Seus olhos e pele agradecem.

 

 

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Insira suas palavras-chave de pesquisa e pressione Enter.