papo_delas_logo

SIGA O PAPO NOSSO CANAL /PAPODELAS
sem_filtro

Um corpo foi encontrado nos escombros do prédio que desabou em SP

Os bombeiros encontraram um corpo nesta sexta-feira (4) nos escombros do prédio que desabou com o incêndio em São Paulo. A equipe ainda busca por outros quatro corpos que eram dados oficialmente como desaparecidos. A vítima foi encontrada no local onde teria caído Ricardo Oliveira Galvão Pinheiro, de 39 anos, que desapareceu em meio ao desabamento.

Duas máquinas pesadas começaram a trabalhar na retirada de escombros e na busca por sobreviventes por volta das 6h de hoje, quando os bombeiros deram início ao uso de mais um rompedor e uma retroescavadeira.

O maquinário pesado passou a ser utilizado no trabalho dos bombeiros 48 horas após o desabamento do edifício. Duas máquinas trabalharam ao longo desta quinta-feira (3) na retirada de material pesado. Por dia, são retiradas em média 150 toneladas de ferro, concreto e metal.

“Recebemos agora, depois de limpar o terreno, mais um rompedor e mais uma retroescavadeira. A retroescavadeira é a que tem a pá, o rompedor é o que tem a ponta, que quebra a laje ou o pilar e depois consegue recolher os materiais”, explicou o capitão dos Bombeiros Marcos Palumbo.

Segundo o capitão, a expectativa agora é tentar ao menos localizar  as chamadas “células de sobrevivência”, vãos onde podem estar os desaparecidos. “Elas vão estar em alguns pontos da edificação. No momento em que a gente faz a retirada dessa grande quantidade de entulho sobreposta ali no local, a gente consegue achar vãos”, disse Palumbo.

Até esta sexta-feira, foram localizados entre os escombros roupas, botijões de gás e bastante lixo. De acordo com o capitão, os fossos dos elevadores eram utilizados para descarte de lixo dos moradores do prédio – que podiam se transformar em material inflamável.

*Com Estadão Conteúdo

Via Correio*

Insira suas palavras-chave de pesquisa e pressione Enter.